Como consultar o saldo do FGTS que está liberado para saque

O FGTS será liberado para saque para todos os trabalhadores no Brasil. A partir de Agosto de 2019 até setembro de 2020, retiradas de até R$500,00 serão liberados das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia.

Consulta do saldo FGTS pelo aplicativo passo a passo

Com a notícia desta semana em que o Governo Federal irá liberar parte do saldo das contas ativas e inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a procura para saber qual o valor disponível na conta ficou grande.

E há uma maneira muito fácil para que os trabalhadores possam verificar o saldo da conta do FGTS, sendo ela pelo aplicativo para smartphone, disponível para Android e iOS.

Para usar o aplicativo é necessário efetuar um cadastro e neste artigo você irá conferir como efetuar o download do app, como configura-lo e também como realizar a consulta de maneira simples e objetiva.

Fazendo o download e instalando o aplicativo FGTS

O app da Caixa Econômica Federal está disponível para celulares iOS e Android, dois quais podem ser baixados através dos endereços:

Configurações mínimas

  • Para Android é preciso que o seu celular tenha um sistema operacional 2.3.3 ou superior e 8,6mb de espaço disponível.
  • Já no iPhone, iPad ou iPod Touch é preciso ter um sistema operacional 8.3 ou superior e 18,8mb de espaço disponível.

Após realizar o download, havendo espaço disponível, a instalação deverá começar automaticamente. Espere alguns segundos até que ela seja concluída e então clique sobre o ícone que irá aparecer na tela inicial do seu aparelho para dar início a consulta.

Como consultar o saldo do FGTS pelo aplicativo?

  • Em ambas as plataformas o sistema será o mesmo. Assim que o app for iniciado, clique na opção “Para o trabalhador” e se você ainda não possui uma conta, toque na opção “Primeiro Acesso”, a partir daí será iniciado o seu cadastro para a consulta;

O NIS, a abreviação de Número de Identificação Social, é o número disponível em sua carteira de trabalho.

  • Leia todos os termos e condições do aplicativo e então clique em “Aceitar”;
  • Então será exibido uma nova janela dentro do próprio aplicativo, onde você deverá inserir o número do seu NIS;
  • A próxima tela será onde você deverá informar o seu nome completo, nome da mãe, data de nascimento, município de nascimento, CPF, carteira de identidade e o número do título de eleitor;

Você deverá na próxima janela cadastrar uma primeira senha de acesso, que poderá ser trocada logo após o primeiro login;

Assim que terminar o cadastro, insira então o número do seu NIS e a senha gerada após configurar a sua conta e então você terá acesso a uma lista com todos os seus empregos devidamente registrados;

Saiba também como consultar seu saldo do FGTS pelo CPF

O app irá exibir também suas contas ativas e ativas, bem como os saldos disponíveis através de um resumo.  É possível verificar mais detalhes sobre cada um dos valores, clicando em “Ver Extrato Completo”;

Clique sobre a seta no canto superior direito para saber outros detalhes de sua conta, inclusive opções sobre o PIS, que também teve o início de seu pagamento recém liberado.

Sacando o FGTS de contas ativas e inativas

Através desta consulta você saberá o saldo no qual terá direito a receber, lembrando que em um primeiro instante os valores não poderão ser maiores do que R$ 500. Já a partir de 2020 os saques deverão ser feitos conforme as seguintes alíquotas:

  • Saldos de 1 a 500 reais, saque de 50% sem parcela adicional;
  • Saldos de 500,01 a 1.000 reais, saque de 40% do valor total, mais parcela adicional de R$ 50;
  • Saldos de 1.000,01 a 5000 reais, saque de 30% do valor total, mais parcela adicional de R$ 150;
  • Saldos de 5.000,01 a 10.000 reais, saque de 20% do valor total, mais parcela adicional de R$ 650;
  • Saldos de 10.000,01 a 15.000 reais, saque de 15% do valor total, mais parcela adicional de R$ 1.150;
  • Saldos de 15.000,01 a 20.000 reais, saque de 10% do valor total, mais parcela adicional de R$ 1.900;
  • Saldos acima de 20.001 reais, saque de 5% do valor total, mais parcela adicional de R$ 2.900.

Para fazer o saque é possível ir até uma lotérica, desde que o saldo seja de até R$ 100.

Outros valores devem ser sacados através dos caixas eletrônicos ou agências da Caixa Econômica Federal, sendo necessário ser o titular da conta e utilizando o Cartão do Cidadão, um documento com foto e a senha pessoal.

Se for correntista do banco é possível solicitar o depósito em conta.

Todo mundo será obrigado a sacar o FGTS?

Para ter direito ao saque anual será necessário informar a Caixa Econômica Federal que deseja receber os valores anualmente. Quem não informar ou optar por não receber, não precisa fazer nada, assim os valores continuam podendo ser sacados conforme as leis atuais, por exemplo, em caso de aposentadoria e compra de imóveis.

1 comentário sobre “Como consultar o saldo do FGTS que está liberado para saque

Deixe um comentário