Como fazer o cadastro para acesso às informações do FGTS

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é um direito empregatício que visa a proteção do trabalhador no caso de demissão sem justa causa, de modo que este benefício é depositado pelo empregador no valor de 8% do salário.

Esse benefício foi instituído pelo governo federal no ano de 1966, e nos dias de hoje ele se apresenta regulado pela lei 8.036/90 (alterada pela lei 13.446/17) e pelo decreto 99.684/90.

Anteriormente a estabilidade do trabalhador surgia dentro de um conceito conhecido por “estabilidade decenal”, ou seja, após 10 anos de trabalho o encerramento do contrato de trabalho só poderia ser feito devido a justa causa e se o trabalhador pedisse demissão deveria ser válido com a anuência do Sindicato, Ministério do Trabalho ou Justiça do Trabalho.

Como as empresas falavam que este tipo de garantia era muito oneroso, eles retinham 1/12 avos do salário de seus empregados para que no futuro fosse usado para o fim da estabilidade decenal. Ao perceber que também não era vantajoso para o trabalhador, essa regra rígida decenal foi substituída pelo FGTS.

Como fazer o cadastro

Uma vez que o depósito do FGTS é feito diretamente pela empresa em uma conta no nome do empregado, o trabalhador precisa de ferramentas para conseguir consultar o valor do seu FGTS, principalmente para confirmar que a empresa empregadora está cumprindo com as suas obrigações trabalhistas.

Portanto, para conseguir acessar o seu valor é preciso que o trabalhador se cadastre no site do FGTS disponível na Caixa Econômica Federal.

cadastro fgts caixa

Passos para se cadastrar no site da Caixa Econômica Federal

  1. Primeiramente o requerente precisa acessar o site da Caixa, o que pode ser feito através do seguinte link https://servicossociais.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01&produto=FGTS.
  2. Ao acessar o site o trabalhador será levado a uma tela onde ele precisará preencher alguns campos com dados pessoais. Dessa forma será necessário o preenchimento do NIS do requerente e em seguida clicar na aba “Cadastrar Senha”. Se por um acaso você está com dúvida em onde conseguir o seu número do NIS, fique sabendo que sua carteira de trabalho contém essa informação.
  3. Uma vez que você tenha cadastrado a senha, aparecerá uma pagina que contém o Contrato de Prestação de Serviço ao Cidadão, que deve ser lido e no final clicar em “aceito”.
  4. Em seguida, uma vez que você aceitou o contrato, abrirá uma nova página onde será necessário informar alguns dados pessoais, dentre os quais podemos citar: Nome completo; Nome da Mãe; Data de Nascimento; Munícipio de Nascimento; CPF; número da sua carteira de identidade; número do título de eleitor. Após preencher todos os campos basta clicar no botão “continuar”.

A próxima página é onde a senha será realmente feita. O primeiro campo é onde você criará a senha nova, sendo que no segundo campo você deverá repetir essa senha.

Para cadastrar a senha é obrigatório que ela apresente alguns requisitos:

  1. Ter entre 6 e 8 caracteres
  2. Ter somente letras e números

Após criar a sua senha dentro destes requisitos e repeti-la de forma correta, basta clicar no botão “confirmar”. Ao confirmar a sua senha, ela será criada e o requerente será levado novamente para a página inicial do FGTS na Caixa.

Leia mais sobre como fazer cadastro de sua senha nesse artigo.

Consultar o seu Saldo

Uma vez que você terminou o cadastro da senha e foi levado novamente para a página inicial do site, basta o trabalhador informar o seu NIS e a senha que acabou de ser cadastrada e em seguida clicar no botão “OK”. Ao fazer esse procedimento você será levado para a página de consulta do FGTS.

Ao entrar na página de consulta existem dois links que irão te informar o saldo e o extrato do FGTS.

  • Extrato – mostra o extrato do FGTS durante o ano vigente.
  • Extrato Completo – mostra o extrato do FGTS desde a abertura da conta.

Para um maior entendimento da conta é possível ver o saldo e as movimentações na conta. Dentre as movimentações mais comuns são: Depósito na conta – que é o depósito de 8% feito pelo empregador; e Atualização Monetária – juros e atualização monetária que acontece mensalmente em sua conta.

No final das contas, o FGTS é um direito de todo o trabalhador em regime de CLT e, portanto, é importante que o trabalhador saiba consultar o seu FGTS para observar se a conta está correta e com os depósitos em dia.

8 comentários sobre “Como fazer o cadastro para acesso às informações do FGTS

Deixe um comentário